quarta-feira, 30 de novembro de 2016

TROVIA - DEZEMBRO DE 2016


Inesquecíveis

Neste Natal eu vou pôr
minha boca na janela
para você, por favor,
deixar o seu beijo nela...
Antônio Roberto Fernandes

Deus de amor, eu vos suplico:
dai-me a glória deste dom:
não de afirmar: "– Eu sou rico!",
mas de sentir: "– Eu sou bom!"
Aparício Fernandes

Neste mundo desumano,
em que brinquei de sonhar,
fui simples bola de pano
para o destino chutar!...
Célio Grünevald

Suplico a Deus em voz alta,
inundado de pesares,
que tudo quanto me falta
não falte nos outros lares.
Colbert Rangel Coelho

Não é só fazer carinho
nem, tampouco, dar presente.
Bondade é dar o caminho
para a criança ser gente.
Edgard Barcellos Cerqueira

Amor – feliz fantasia
que os nossos sonhos inspira...
Que triste a vida seria
sem essa doce mentira!
Élton Carvalho

Olhando, na infância doce,
aquela bola de luz,
pensava que a lua fosse
um brinquedo de Jesus...
José Maria M. de Araújo

Bondade!... Bem pouca gente
quer imitar as raízes,
que lutam, secretamente,
fazendo as rosas felizes!
Luiz Otávio

Vai-se a vida... O tempo avança...
Tudo muda... O globo roda.
Mas com lastros na esperança
sonhar nunca sai de moda.
Miguel Russowsky

Senhor, escuta os cicios
dos excluídos, sem teto...
Troca seus ninhos vazios
por ninhos cheios de afeto!
Milton Nunes Loureiro

No Ano Novo passado
tanto juraste, meu bem,
que espero tudo, ao teu lado,
– no Ano Novo que vem!...
Newton Meyer
-------------------------
Brincantes

A madame era tão chique
e de tão fina linhagem,
que até para ter chilique
retocava a maquiagem!
Arlindo Tadeu Hagen – MG

Muito esquisito esse "muso",
o ancião com quem se casou:
da fortuna ela faz uso,
mas o resto... nunca usou!...
José Ouverney – SP

Quando a mulher não sacia
sua “fome de leão”,
come na sogra ou na tia...
boas de forno e fogão!
Maria Madalena Ferreira – RJ

Separou-se... e com mais pique
justifica encabulada:
marido que dá chilique
não consegue dar mais nada...
Maria Nascimento – RJ

“Tem quantas partes o crânio?”,
pergunta a mestra à piazada.
Responde unzinho, instantâneo:
“Depende da cacetada!”
Osvaldo Reis – PR

Fraquinho e cheio de dor,
ele diz que idade é “dose”:
Quem já foi um “pegador”
hoje só pega...virose...
Pedro Melo – PR

Se todo peru soubesse
seu destino no Natal,
pedia aos céus numa prece
pra virar pavão real!...
Thalma Tavares – SP

Ao vê-la, sente que a odeia,
fica tenso e encolhe a pança...
Todo dia a briga é feia
entre um gordo... e uma balança!
Therezinha Brisolla – SP
--------------------------------------------
Líricas e filosóficas

Toda criança é um presente,
porém vem junto um recado:
– Frágil. Cuidado. Alimente.
Ame ao máximo. Obrigado!
A. A. de Assis – PR

Namorando a natureza,
como quando era menino,
sigo a trilha na certeza
de encontrar novo destino.
Agostinho Rodrigues – RJ

No meu barco repentino,
vou remando sem estrilo:
eu não sei o meu destino,
Deus sabe, mas faz sigilo...
Ailto Rodrigues – RJ

Lembranças da minha infância,
lembranças da mocidade.
Hoje só resta a distância
ligada pela saudade.
Alberto Paco – PR

Na busca eterna da paz,
a humanidade se enterra;
seus próprios sonhos desfaz
na luta inglória da guerra!
Amaryllis Schloenbach – SP

A vida segue de arrasto,
do sonho nada me resta...
E o que sentia tão vasto,
vejo agora que não presta.
A.M.A. Sardenberg – RJ

E’ um fato mais que evidente,
e que a própria Bíblia ensina:
que “a língua do imprudente
é a sua própria ruína”.
Amílton Monteiro – SP

Mesmo estando contra o vento...
assim é a pipa a subir -
mostrando o feliz momento
para a criança  sorrir!
Ana Maria Gouveia – SP

Quem tem pai tem um irmão,
um herói, amigo tem.
Oh bom Deus, ao coração
do meu pai dai paz... Amém!
André Ricardo – PR

Nos jardins, bela e vaidosa,
enfeita-se a natureza:
recende a aroma de rosa
e põe brincos-de-princesa!
Angélica Vilella Santos – SP

Feito um lírio em minha sala,
o teu corpo, sedutor,
quanto mais se despetala,
tanto mais parece flor !
Antônio de Oliveira – SP

Minha vida está tão linda...      
vivo que nem um bebê.
– Felicidade não finda,
quando junto de você!...
Ari Santos de Campos – SC

Se alguém te humilha, perdoa,
e se alguém te fere, esquece.
Ódio guardado magoa,
só o amor envolve e aquece.
Arlene Lima – PR

Meu coração não precisa
sofrer a angústia dos sós,
pois sente, na voz da brisa,
o afago da tua voz!
Carolina Ramos – SP

Não vens... O dia é sombrio,
mas ouso, na espera vã,
superar o meu vazio
para esperar o amanhã!...
Clenir Neves Ribeiro – RJ

Eu  guardo  com  tanto  enlevo
este  enredo  que  é  só  nosso...
– Posso contá-lo?  Não devo!
– Devo contá-lo?  Não posso...
Colavite Filho – SP

Ter sempre a palavra certa
e a mão em paz estender;
ter a mente sempre aberta:
isso se chama viver!
Conceição Assis – MG

Senhor, neste amanhecer,
louvo a tua criação:
da aurora ao entardecer,
eu te encontro em meu irmão!
Cônego Telles – PR

No emaranhado das linhas,
pelo avesso desta lida,
descobri, nas entrelinhas,
Deus bordando o chão da vida.
Dáguima Verônica – MG

Perdão, eu peço, Senhor,
por não ter dado atenção
e nem  repartido amor
com o meu carente irmão!
Delcy Canalles – RS

Quero roubar dos teus lábios
sublimes beijos com ardor;
depois compor os mais sábios
versos floridos de amor.
Djalma da Mota – RN

Das ofensas de um irmão
não guardes nenhum rancor,
que um minuto de perdão
vale uma vida de amor!
Domitilla Borges Beltrame – SP

Ora eloquente, ora mudo,
teu olhar é uma charada:
promessa sutil de tudo,
no fútil revés... do nada!
Dorothy Jansson Moretti – SP

Não julgues a sorte ingrata,
pois Deus, que tudo divisa,
bem sabe a medida exata
da ajuda de quem precisa...
Edmar Japiassú Maia – RJ

Generosa em seu agir,
que poder tem essa Mão
que deixa a chuva cair
e faz voar o avião!
Edy Soares – ES

Pelas estradas da vida,
vou de cidade em cidade,
levando, em cada partida,
a bagagem da saudade.
Edweine Loureiro – Japão

Bons sentimentos semeio,
não sou da inveja refém;
porque o bem-estar alheio
é o meu bem maior também.
Eliana Jimenez – SC

Para a alma aliviar
na dor, conflito, paixão,
a lágrima acalma o olhar;
um poema, o coração!
Eliana Palma – PR

Minha saudade é um desvio
que a solidão me propõe
para fugir ao vazio
que a tua ausência me impõe!
Elisabeth Sousa Cruz – RJ

Renúncia é uma ponte estreita,
onde das extremidades,
pode-se ouvir sempre à espreita,
chorando duas saudades...
Ercy Marques de Faria – SP

Minha casa é meu cantinho,
onde tudo é natural;
no beiral fizeram ninho
as aves do meu quintal.
Evandro Sarmento – RJ

Minha alma tão pequena
perto de um mar tão profundo
torna-se grande e serena
para as ressacas do mundo.
Fátima Panisset – RJ

As pedras do meu caminho
vou transpondo-as com ardor
e cada dia um trechinho
vira caminho de amor!
Flávio Stefani – RS

Revendo entulhos e tacos,
na tapera dos meus sonhos,
chorei por ver tantos cacos
dos meus dias mais risonhos!
Francisco Garcia –  RN

Aquela rede que um dia
foi nosso ninho perfeito,
hoje balança vazia
na varanda do meu peito.
Francisco Pessoa – CE

O meu mar não tem mais onda
nem meu bar tem mais bebida,
mas a trova, quando ronda,
estremece a minha vida!
Geraldo Trombin – SP

Nossa solidão a dois,
é tão grande, tão sem fim,
que eu sinto o nosso depois
bem antes morrer em mim...
Gislaine Canales – SC

Braços erguidos à espera,
veio o sertão povoar,
abraçar a primavera,
cantar modas ao luar.
Hulda Ramos – PR

Cadeirante e bem feliz! 
Mulher doce... sonhadora...
Eu tenho dó de quem diz
que tu não és vencedora!
Jaqueline Machado – RS

Não importa a circunstância,
cuidado ao dar o teu passo.
É muito curta a distância
entre sucesso e fracasso!
JB Xavier – SP

Sobrepujando os conflitos
em que o mundo se compraz,
seus braços, ninhos benditos,
são meu refúgio de paz!
Jeanette De Cnop – PR

De exuberância suprema,
que nos encanta e extasia,
cada alvorada é um poema
que Deus compõe todo dia.
João Costa – RJ

Somos dois versos rimados,
uma só sonoridade...
mas vivendo intercalados
num poema de saudade.
Joaquim Carlos – RJ

Nada melhor que o exemplo
para o seu filho educar;
pai é herói, é um templo
de luz no seu caminhar.
Jorge Fregadolli – PR

Quando estás a caminhar
na praia, invejo as marés,
que são desculpas do mar
para beijar os teus pés!
José Fabiano – MG

Dê-se a novas descobertas
sem, entretanto, esquecer
de fazer as coisas certas,
não certas coisas fazer.
José Lira – PE

Levamos nossas memórias,
delas também somos feitos;
são de perdas e vitórias
as marcas em nossos peitos.
José Marins – PR

É troca de amor fecundo
a toda mãe concedida:
ela põe vida no mundo,
nela o mundo põe mais vida!
Lucília Decarli – PR

Não foi perto, nem distante:
o nosso amor, ideal,
nasceu da luz de um instante
e se tornou imortal!
Luiz Carlos Abritta – MG

Quando lembrares de mim,
lembra de mim com saudade...
Se me lembrares assim,
me lembrarás de verdade.
Luiz Poeta – RJ

Vamos cantar o Natal,
partilhando com o irmão
o nosso amor fraternal
na ceia... do coração!
Mª Conceição Fagundes – PR

Assim é a simplicidade
do homem lá do sertão:
exibe com vaidade
os calos da sua mão.
Mª Lúcia Fernandes Rocha – RJ

Se as trilhas estão nevadas,
maior risco a gente assume,
mas, se estamos de mãos dadas,
chegamos sem medo ao cume.
Mª Luiza Walendowsky – SC

Neste abrigo, prisioneiro
do meu desvario antigo,
quero acordar verdadeiro
e levar você comigo.
Maryland Faillace – SP

Eu ontem falei de mim,
mas hoje eu tentei falar
das coisas que vão, no fim,
fazer o que foi voltar.
Mário Zamataro – PR

Nadando contra a corrente,
mantenho esperança plena:
cansaço a gente só sente
se a luta não vale a pena...
Mílton Souza – RS

Nós somos como o diamante
que está na rocha escondido,
e que fica cintilante
só se for bem esculpido.
Nei Garcez – PR

Com as palavras brincando,
vou colocando-as à prova;
meus olhos ficam brilhando,
quando organizo uma trova.
Neiva Fernandes – RJ

Sobre o palco de um teatro,
mostra-se o ator por inteiro;
mas na vida é o diabo-a-quatro:
nunca é tudo verdadeiro...
Olga Agulhon – PR

Trovador que espalha o sonho
que lhe mora n’alma inquieta
revela ao mundo tristonho
a bênção que é ser um poeta!
Renato Alves – RJ

Tu lês os versos que eu faço,
e nem sequer adivinhas
o segredo que eu te passo,
no espaço das entrelinhas...
Selma Patti Spinelli – SP

Surgem da simplicidade
aprendizagens da vida.
Não é com celebridade
que a lição se consolida.
Talita Batista – RJ

Cultivada no seu peito,
desejo ser um jasmim.
Sei não ser o amor perfeito,
mas me queira mesmo assim.
Vanda Alves – PR

Nunca morre o trovador;
se afasta fisicamente...
Sobrevivem trova e autor
no dia-a-dia da gente!
Vânia Ennes – PR

Não agregue à sua viagem
as mágoas e os dissabores.
São excessos de bagagem
pagos ao preço das dores.
Wandira Fagundes Queiroz – PR